Defensivo agrícola mais utilizado no mundo, o glifosato surgiu como ferramenta importante para o manejo de plantas invasoras de difícil controle que resistiam à ação de outros herbicidas. Entretanto, as aplicações podem causar estresse nas lavouras, como a de soja, gerando impacto produtivo. “Com o glifosato, os agricultores passaram a manejar ervas daninhas com mais eficiência, mantendo a soja com menor mato-competição e, consequentemente, obtendo maior produtividade”, explica engenheiro agrônomo e diretor técnico da Brandt do Brasil, Samuel Guerreiro.

A aplicação, contudo, interfere em determinas processos metabólicos da vegetação. “Isso acontece porque a molécula do glifosato tem alta afinidade por cargas livres e acaba sequestrando alguns elementos da planta, impactando, em alguns casos, de forma negativa a eficiência nutricional, por exemplo, da soja”, diz Guerreiro.

No caso do cultivo de soja, estudos científicos indicam que, em certas condições, o estresse causado pelo glifosato causa redução de massa seca e nódulos nas raízes e, ainda, provoca queda da produtividade. “Isso pode ocorrer devido ao aumento de AMPA nas folhas ou pela alta afinidade por cargas do glifosato na planta”, detalha o diretor técnico da Brandt do Brasil.

Como o herbicida tem função essencial na agricultura atual, a tecnologia auxilia produtores rurais com descobertas para minimizar perdas. A primeira delas foi a aplicação de manganês, elemento químico que têm alta afinidade com a molécula do glifosato e está presente em diversas soluções do mercado.

“Hoje em dia, já temos produtos ainda mais inovadores, que além de entregar outros nutrientes importantes as plantas, como zinco, boro e enxofre, contam com tecnologia única, que atua diretamente na fisiologia da planta, mitigando esse estresse causado por defensivos agrícolas”, afirma Samuel Guerreiro.

Um dos exemplos dessa moderna tecnologia para mitigar os efeitos do glifosato sobre a plantação é o fertilizante Smart Trio, da Brandt, capaz de corrigir deficiências de nutrientes e atuar diretamente da fisiologia da planta. Resultados obtidos pela empresa indicam redução parcial ou total do estresse causado pelo herbicida dependendo dos fatores climáticos, cultivares, solo etc.

A UPL Brasil apresenta cinco estudos científicos no 45º Congresso Brasileiro de Pesquisas Cafeeiras. O evento acontece entre 29 de outubro e 1º de novembro, no Hotel Monreale, em Poços de Caldas (MG). Leia mais: http://bit.ly/31I0qiy

Os touros Montana com CEIP já foram marcados e estão com exame andrológico positivo para início das vendas em todos os criadores. São cerca de 1.000 touros jovens à disposição. Saiba mais em http://www.textorural.com.br

#textorural #programamontana #montana

This message is only visible to admins.

Problem displaying Facebook posts.
Click to show error

Error: (#10) To use "Page Public Content Access", your use of this endpoint must be reviewed and approved by Facebook.
Solution: See here for how to solve this error

This error message is only visible to WordPress admins

Error: API requests are being delayed for this account. New posts will not be retrieved.

There may be an issue with the Instagram Access Token that you are using. Your server might also be unable to connect to Instagram at this time.

Error: No posts found.

Make sure this account has posts available on instagram.com.

Error: admin-ajax.php test was not successful. Some features may not be available.

Please visit this page to troubleshoot.


TextoRural é a plataforma digital da Texto Comunicação Corporativa
para os seus clientes de agronegócio e da cadeia da produção de alimentos.

+55 11 3039-4100

imprensa@textoassessoria.com.br

Share This